índios, antropologia e cultura


Índios Piripkura encontrados em Mato Grosso

http://nationalgeographic.abril.com.br/ng/edicoes/92/reportagens/mt_257222.shtml#

Classificação:

Amigos, vale a pena ler essa matéria escrita por Felipe Milanez sobre a saga dos dois índios Piripkura, do noroeste do Mato Grosso. Está no National Geographic Brasil e nesse site é lido em toda sua extensão.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 11h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Dois índios isolados encontrados no Mato Grosso

http://www.cartacapital.com.br/edicoes/468/contato-na-selva

Classificação:

A revista CartaCapital está vindo esta semana com uma matéria inédita. Felipe Milancez, que trabalhou na Funai, esteve na região do noroeste do Mato Grosso e fez a matéria sobre o contato feito pelo sertanista Jair com dois homens Tupi-Kawahib que viviam sós há anos. É uma matéria comovente.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 10h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




ISA dá sua versão da visita de Lula a São Gabriel da Cachoeira

http://www.socioambiental.org/nsa/detalhe?id=2532

No link acima o ISA dá sua versão da visita do presidente Lula a SGC. Mostra fotos, inclusive do diretor do ISA, Beto Ricardo, presenteando o presidente Lula com o livro que publicaram o ano passado. Nele está minha entrevista mostrando o que fizemos nos primeiros três anos de gestão na Funai. Mas o que interessa ao ISA é a demarcação de terras indígenas no médio rio Negro. Afinal de contas, eles receberam da Fundação Moore 2,8 milhões de dólares sob o projeto de que iriam aumentar em 1 milhão de hectares as terras reservadas no rio Negro. Assim, tem que dar contas ao seu patrocinador. Afinal, como o ISA pode demarcar terras indígenas? Parece que é colocando o irmão de seu segundo diretor, Marcio Santilli, na coordenação de Delimitação de Terras. A Funai, que tanto criticam, serve para isso.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Discurso anti-indígena sem disfarces

http://www.linearclipping.com.br/PDFs/200791291149.pdf

Leiam esse artigo, da lavra de um ex-deputado, vinda de Minas Gerais. É o discurso anti-indígena que se apresenta de vários modos.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 11h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Procurador Mário Lúcio Avelar vai processar prefeito de Juína

http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/

Veja o Blog de Josias de Souza que traz um follow-up da matéria abaixo "Fazendeiros ameaçam Greenpeace e OPAN" sobre o constragimento sofrido pelo Greenpeace em Juína, no Mato Grosso. A matéria cotem um filmezinho que está no Youtube. Como batizou meu amigo Michel Blanco, "Juína em chamas".



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Fazendeiros ameaçam Greenpeace e OPAN

http://www.youtube.com/watch?v=q9esNX7bzHY

Classificação:

As Ongs Greenpeace e OPAN foram a Juína, cidade do oeste do Mato Grosso, para fazer uma matéria com os índios Enawene-nawe sobre sua reivindicação de ampliação de suas terras. Foram recebidos muito mal pelo prefeito e pelos fazendeiros. O filme que fizeram e que está no Youtube é este aí. Vale a pena ser visto. Mostra cenas de agressividade verbal com ameaças físicas. Mostra o prefeito dizendo que não iriam permitir a entrada das Ongs e dos dois jornalistas franceses que estavam presentes. Parecia cena de filme americano de direitos humanos no Mississippi nos tempos do apartheid. Um escândalo para o qual tem que haver uma resposta do Estado. O procurador Mario Lúcio Avelar já abriu inquérito.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Xinguanos fazem carta de protesto

http://www.socioambiental.org/nsa/detalhe?id=2511

O ISA traz em seu site uma notícia de que os índios do Alto Xingu, reunidos na aldeia Kuikuro, assinaram uma carta contra todas as ações feitas em redor do Parque Indígena do Xingu que estão prejudicando o seu bem-estar. Acho isso muito bom. Só que a carta foi feita por brancos, com linguagem de branco ambientalista, o que contrasta enormemente com a boa vontade dos índios. Os escritores poderiam ao menos ter discutido os termos com os signatários!



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 12h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CIMI conclui sua Assembléia Geral

http://www.cimi.org.br/?system=news&action=read&id=2694&eid=293

Classificação:

Nesta semana o CIMI realizou sua XV Assembléia Geral. As discussões correram tranquilas, visando buscar uma adaptação á realidade brasileira atual. Parece que houve uma considerável diminuição no nível de sua retórica tradicional. Estão cautelosos quanto ao seu futuro e sua atuação diante de povos indígenas que cada vez mais rejeitam seu discurso autoritário. Imaginem que desta vez o tema principal foi a economia indígena! Algo que, como presidente da Funai, enfatizei sempre e que eles diziam que não tinha importância. A única campanha com que se comprometeram foi com os Guarani. A eleição de Dom Erwin Krautler é sinal dos tempos.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 11h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Entrevista com Betty Mindlin

http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdNoticia=51734

Classificação:

Betty Mindlin, uma excepcional antropóloga que estudou os índios Suruí, Makurap, Zoró e outros do estado de Rondônia, dá essa entrevista ao jornal eletrônico O Tempo, de Belo Horizonte. Nela, ela fala dos livros que escreveu sobre mitos daqueles povos. Vale a pena conferir.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 09h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Índios são contra ou a favor da mineração em suas terras?

http://200.140.165.207/PDFs/2007728327.pdf

Matéria da Folha de São Paulo relata os vários aspectos da questão da mineração em terra indígena. Traz entrevista com um índio Baré que descobriu ouro em sua terra e lhe foi dito que não podia explorar porque não estava regulamentada a mineração em terras indígenas. Depois traz vozes contrárias, do advogado do ISA e da Coiab, que diz que os índios não foram ouvidos. A matéria deixa muita coisa no ar. Mas é importante porque o processo de discussão vai começar em breve no Congresso Nacional. Os antiindígenas podem vencer essa parada se não houver inteligência por parte dos favoráveis aos índios. A FUNAI tem que se posicionar com firmeza.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 09h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Jovens indígenas de Dourados criam seu Blog

http://www.ajindo.blogspot.com/

Dêem uma checada nesse Blog criado por jovens indígenas da terra Indígena Dourados. Há um ano criaram esse Blog e comentam sobre muitos temas. Nos últimos posts falam de fotografia (publicaram um livro recentemente) e sobre a violência em suas aldeias.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 10h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




14.000 índios serão afetados pela usina Belo Monte.

http://200.140.165.207/PDFs/2007624135616.pdf

Matéria de O Globo chama a atenção para a Usina Belo Monte. Seguem-se outras abaixo. A idéia de O Globo é iniciar uma propaganda da necessidade de se fazer a Usina Belo Monte. Procura mostrar que já há adiantamentos, com conversas com os índios e benefícios que a Eletronorte vem trazendo. Os críticos dizem que é cooptação. A matéria é de um jornalista novo que começou a conhecer a Amazônia esse ano e ainda é meio jejuno. Vamos ver se amadurece.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CIMI diz que 17 povos indígenas correm perigo de extinção

http://200.140.165.207/PDFs/200762410412.pdf

Dentro do figurino do CIMI, eis uma notícia descabida, que o jornalista de O Estado de São Paulo reproduz sem espírito crítico. O que interessa ao CIMI é fazer marola, criar onda, exagerar para ver o que acontece. Onde estão esses 17 povos indígenas em perigo de extinção? Se fôssemos ler as matérias que o CIMI vem fazendo ao longo dos últimos 20 anos não exisitiram mais povos indígenas de tanto que exageram. Na matéria anterior, o CIMI diz que os índios autônomos do rio Prado foram atacados e massacrados por madeireiros, entre 2003 e 2004, e só treriam sobrado três. Como pode tanta perversidade?



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Funai prefere não fazer contato com índios isolados

http://200.140.165.207/PDFs/2007624103946.pdf

Continuação da matéria acima, de O Estado de São Paulo, fala que a Funai tem como política não fazer contato com índios isolados. Essa política nasceu na década de 1980, em várias partes do Brasil, quando os indigenistas se deram conta de que era possível proteger os povos indígenas autônomos, sem fazer contato com eles. Quando trabalhei com o indigenista Porfírio Carvalho, no Maranhão, em 1985, instituimos essa política de não contatar os Guajá, a não ser em emergência. Ainda hoje há Guajá vivendo autonomamente.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Belo Monte do ponto de vista de seus consultores

http://200.140.165.207/PDFs/2007624135054.pdf

Matéria de O Globo sobre Belo Monte. Os entrevistados são dois consultores de meio ambiente, Eduardo Martins, que já foi presidente do Ibama, e Carlos Moya. Falam na defensiva, que só estão fazendo os estudos dentro da lei. Engraçado que poucas pessoas, mesmo as que estão ganhando dinheiro de consultoria, vêm de público defender Belo Monte. E por que não? Matéria de O Globo em campanha pela Usina.



Escrito por Mércio Pereira Gomes às 08h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, LARANJEIRAS, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, English, Livros, Política
Histórico
Categorias
  Todas as Categiorias
  Link
  Artigos
  Entrevistas
Outros sites
  Entrevista sobre caso Cinta-Larga versus garimpeiros
  Homologação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol
  Entrevista ao Estadao sobre demarcação
  Despedida anunciada em dezembro
  Artigo sobre Raposa Serra do Sol, Folha de São Paulo
  Melhora renda das classes C, D e E
  Veja também Blog do Mércio
Votação
  Dê uma nota para meu blog